Sábado, 24 de Setembro de 2005

mário superstar

 


frafr 002.jpg 


 


Mário Almeida, o incontornável autarca vilacondense, numa iniciativa algo inédita, disponibilizou-se ontem para “prestar contas” dos seus anteriores mandatos e dos objectivos a que se propõe para o próximo, caso vença as eleições de 9 de Outubro.


A apresentação esteve a cargo do jornalista vilacondense Ricardo Pateiro.


 


frafr 001.jpg


 


Resumindo, fiquei com a sensação que a primeira fase de perguntas foi encomendada. Quem questionava dava o mote para dissertações algo prolongadas sobre o passado, presente e futuro de zonas vilacondenses, como a ribeirinha e a doquinha. Fiquei a saber, pelas suas palavras, que a famosa ponte da discórdia (doquinha) não oferecia qualidade, apesar de lá estar à 104 anos, e que a substituta será inaugurada no espaço de uma semana. Aliás, "pontes" foi um dos temas sobre o qual mais se dissertou. Mário Almeida considera de inqualificável a nova proposta da coligação «Sentir Vila do Conde». Na sua opinião, é fundamental fazer fluir o trânsito que não pela cidade. De acordo com as suas palavras, só 30% da totalidade daqueles que diáriamente utilizam o automóvel, vivem em Vila do Conde. O restante desloca-se para outras localidades mais a norte. Para tal, Mário Almeida colocou na mesa duas ideias: um acesso à IC1 na zona de Árvore que permita a quem vem da Trofa e Santo Tirso e quer ir para as Caxinas ou Póvoa de Varzim não ter que entrar em Vila do Conde, e uma outra de que já aqui falamos e que consiste no alargamento da ponte do antigo caminho de ferro, com duas vias no sentido sul-norte e uma só no sentido contrário. 


Mário Almeida gosta de falar do seu passado e fá-lo com alguma nostalgia. Recordou-o como remador ao serviço do Fluvial, como futebolista, como dirigente de associações desportivas, ao abordarem-se questões ligadas ao desporto. Numa dessas dissertações, Mário aproveitou para apresentar a sua equipa um a um, o que me pareceu estranho. Não estávamos num comício do PS.


Bem, Mário de Almeida tem muitos anos de experiência e sabe perfeitamente como lidar com as situações mais adversas. Ouvindo-o, fica-se com a sensação de que o futuro será radioso e até nos esquecemos de que ocupa a mesma cadeira há uns bons 25 anos.


Abordou assuntos como a questão do saneamento, deu números e a garantia da total cobertura do concelho para daqui a dois anos. A polémica da adjudicação da água foi também colocada na mesa, e mais uma vez se saiu bem nesta questão. Explicou a opção da segunda escolha em detrimento da primeira (mais barata) com estudos feitos atempadamente, e deu o exemplo de Marco de Canavezes do intragável Avelino Ferreira Torres que, ao optar pela opção mais barata, vê agora os seus munícipes serem aumentados em mais de 50% no preço final. Tal não é o que ele pretende para Vila do Conde, que essa empresa não lhe merece credibilidade e garante que o preço da água em Vila do Conde estará sempre abaixo da média aos praticados em outros concelhos!... Ok.


Em outras questões, reconheceu que esteve menos bem. O artifício da uniformidade dos passeios, a pista de bicicletas e a estrada em alcatrão, assim como a perigosidade que representa a baixa altura dos passeios, foi por si reconhecida. Aí, defendeu-se com o argumento que essa foi a visão do arquitecto Siza Vieira, e que algo assinado por ele não pode ser de todo alterado, pelo menos por enquanto... è o que dá contratar Jesus Christ Superstar...


Se se esperavam questões do foro político, essas foram praticamente inexistentes. Muitas das questões lá colocadas eram do foro pessoal de quem já tinha procurado ajuda junto da câmara, sem o conseguir. O momento era o ideal, e Mário de Almeida mostrou-se sempre disponível na procura de soluções...


Abordou-se levemente o tema da ROM de Mindelo, para a qual o Presidente prevê um futuro grandioso e a transformação do espaço num ex-libris vilacondense. Na sua visão, está prevista a criação de um museu dedicado à ornitologia. Esperava ver os agentes de Mindelo que tanto escreveram sobre as vacarias, a deposição de chorumes, sei lá, tanta coisa... mas não. O que significa que tudo está bem por aquelas bandas...


O poluído Rio Ave também não foi esquecido. Mário Almeida quer acreditar que a solução passa por uma sensibilização e consciencialização dos empresários que teimam em mandar a porcaria dos seus efluentes para o rio sem serem devidamente tratados nas suas etars, o que eu duvido, mas está bem...


Quanto aos objectivos relativamente às eleições de 9 de Outubro, Mário Almeida insiste na recuperação do 6º vereador, tarefa que diz difícil, mas não impossível. Para tal, o trabalho da sua equipa, que diz ser a melhor de sempre (!), é fundamental junto das freguesias... Mário Almeida sonha ainda com a vitória nas 30 freguesias. Seria o culminar de uma carreira de quase 30 anos de serviço público.


Ricardo Pateiro questionou-o relativamente às outras forças políticas, que peremptoriamente designou “de fracas”. Sobre os seus dirigentes, Mário Almeida adjectivou-os da seguinte forma:


- Armando Herculano do BE – agressivo


- Jorge Marques da CDU – boa pessoa


- Santos Cruz do PSD – civilizada, cordial mas impossível de descortinar qualquer ideia ou pensamento


O PP passou ao lado.


Fiquei algo desiludido com a ausência das outras forças políticas ou organizações ambientais. Noutros tempos, não deixariam de aproveitar esta oportunidade para questionar Mário de Almeida sobre os mais diversos temas. Mas não. Agora, a política faz-se na secretária, em frente ao computador. É mais fácil, não tem que se dar a cara, não é necessário qualquer poder de argumentação.


Uma pena que assim seja.


 


publicado por siX às 01:19
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 29 de Setembro de 2005 às 23:38
oops... :)siX
</a>
(mailto:vileiro@gmail.com)


De Anónimo a 29 de Setembro de 2005 às 19:47
já agora, e por curiosidade, a pessoa que colocou a questao sobre a ROM no debate do mario de almeida pertence aos orgaos sociais da associação... às vezes pode parecer que nao estamos lá mas estamos... :)bravosdomindelo
(http://www.amigosdomindelo.pt)
(mailto:bravosdomindelo@amigosdomindelo.pt)


De Anónimo a 28 de Setembro de 2005 às 10:55
a realizaçaõ do debate, envolvendo partidos, é já um facto positivo!

Se os resultados vão ser realmente visiveis? a ver vamso...

Pio XXI
</a>
(mailto:xpto@mail.pt)


De Anónimo a 28 de Setembro de 2005 às 00:19
oh Pio, sem pretender procurações, fiquei com curiosidade de saber quais sao esses aspectos/factos concretos...bravosdomindelo
(http://bravosdomindelo.blogspot.com/)
(mailto:bravosdomindelo@amigosdomindelo.pt)


De Anónimo a 25 de Setembro de 2005 às 23:44
1-a ROM entrou na agenda politica de todos? sim, é facto!

2- O papel da "Associação dos amigos da ROM" foi determinante? talvez sim!

3- que a ROM continua, tal como ontem-hoje-amanhã a ser delapidada? sim, constata-se!

4- a melhor de maneira de BRANQUEAR os crimes, p.e., ambientais é ter umas associações "ambientalistas e ecologistas" intervenientes em comissões e em estudos...? sim, é esta, infelizmente, a nossa realidade!

5- quando o "sistema" não quer uma coisa, cria uma comissão de estudo?
Ficarão estas Associações, porque intervenientes (de facto ou em teoria), comprometidos e amarrados e consequentemente "utilizados" pelos detractores branqueando as suas acções? é obvio q sim!

6- conseguiu as "Associações" a participação activa e solidária dos vila-condenses? Não! Será facil consegui-lo? não sei!

7- Mas, ao não conseguir ainda, não estará os objectivos das "Associações" debilitadas e expostas a criticas (quasi) mortais por falta de legitimidade ...? sim, é evidente!

8- Devemos acreditar q os únicos interesses das "Associações" é de facto realizar ROM tal qual ela está definida na Lei e não fazer ROM com uns 'periquitos e uns arbustos' algures num quintal dum armazém ou ...?SIM!

9- Será a Associação amigos de Mindelo, a nossa única esperança para ter uma ROM, séria? é ver pra quer?
cá por mim, bastam-me alguns aspectos/factos concretos, ainda que pequenos que sejam, para passar procuração...
Pio XXI
</a>
(mailto:xpto@mail.pt)


De Anónimo a 25 de Setembro de 2005 às 22:19
parece-me q o Pedro anda a precisar de tirar férias... você disse uma série de disparates, que nem vale a pena comentar... pena que não tenha direccionado toda essa raiva contra quem de direito, por exemplo, na 5ª feira passada... tudo o que escrevi sobre a ROM está no(s) blog(s) e quem quiser pode fazer uma busca e retirará as suas conclusões. Não tenho nada a esconder, nada contra a Associação... muito pelo contrário... siX
</a>
(mailto:vileir@gmail.com)


De Anónimo a 25 de Setembro de 2005 às 21:27
nao six, os resultados nao sao zero, muito antes pelo contrario... areas ardidas e conspurcadas estao por todo o pais, infelizmente muito pior do que na ROM. areas construidas junto à costa... bem, em toda o grande porto já só temos a ROM com valor natural. quando comecei este movimento em 1998 a ROM era assunto esquecido em termos de conservação, estava fora da agenda politica, nao existia nenhum apoio popular (antes pelo contrario) e a construção estava pronta a começar. hoje a defesa da ROM é irreversivel, existe um fortissimo apoio popular e pela primeira vez todos os partidos aparecem a defende-la. ainda falta muito para concretizar o nosso sonho, mas podes crer que se nao fosse o nosso esforço sistematico de pressao politica, educação ambiental e mobilização civica, hoje a ROM ja nao existia enquanto area natural. será por acaso facil enfrentar a pressao economica de visao reducionista que destruiu praticamente todo o litoral? querias resultados de um dia para o outro? parece-te justo estares a exigir resultados melhores do que estes ao nosso movimento quando tudo estava contra a ROM? nao, nao tenho mania de perseguição, tu é que tens a mania de perseguir... apenas o que sinto é uma grande injustiça que cometes relativamente a todas as pessoas que integram este movimento e injustiça é algo que sempre me repugnou. principalmente porque nao fazes a minima ideia do nosso trabalho e mesmo assim te achas no direito de escrever o que escreves. se tens tanta energia e vontade de mudar as coisas, porque nao te limitas a combater quem poe o fogo ou deita o lixo? nao somos nós de certeza. porque será que o nosso movimento te parece incomodar tanto? sinceramente devo dizer que tenho uma enorme curiosidade de saber porque... bravosdomindelo
(http://www.amigosdomindelo.pt)
(mailto:bravosdomindelo@amigosdomindelo.pt)


De Anónimo a 25 de Setembro de 2005 às 20:29
Mentiras, ... não me parecem... escrevo sobre o tema, de acordo com a minha visão particular sobre o assunto. Sente-se perseguido? Não por mim, concerteza... O Pedro tem é a mania da perseguição, derivado talvez pela incapacidade de explicar a todos os vilacondenses a razão pela qual , ao fim de tantos anos de existência, a ROM arde, é conspurcada, violentada, e os resultados que pode apresentar são... zero! No dia 1 lá estarei, pode ter a certeza disso. Ouvirei, tirarei as minhas ilações e depois escreverei ou não, se me apetecer. Olhe, um abraço deste seu admirador, s¿XsiX
(http://viladoconde4.blogs.sapo.pt)
(mailto:vileiro@gmail.com)


De Anónimo a 25 de Setembro de 2005 às 12:11
enfim, deixei de escrever neste blog porque se escrevem aqui mentiras e insinuações sobre a associação da qual sou presidente. é pena, porque os conteúdos em geral são bastante bons e os alertas mais do que pertinentes... mas sinceramente, porque esta "perseguição"? parece que somos nós, cidadãos que dedicamos parte muito significativa das nossas vidas a esta causa, que somos culpados dos incêndios na ROM ou de não estarmos em todo o lado ao mesmo tempo... gosto de críticas, mas vindas de pessoas que conhecem o nosso trabalho, não só da internet. não, não passamos o tempo todo na internet nem temos problemas em dar a cara e sim, achamos fundamental confrontar os candidatos com questões fundamentais. por isso organizamos um debate com os candidatos para o proximo dia 1 de Outubro, para que juntos e ao vivo, possamos debater estes assuntos. não estamos à espera de medalhas, mas tambem nao estamos para aturar esta serie de bocas. treguas sim?
pedro macedobravosdomindelo
(http://www.amigosdomindelo.pt)
(mailto:bravosdomindelo@amigosdomindelo.pt)


De Anónimo a 24 de Setembro de 2005 às 16:03
Lapso: "... onde se diz auditório, deve-se ler rádio"Kafka
</a>
(mailto:franzkaf@gmail.com)


Comentar post

    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos





      free hit counter
      Vila do Conde
      fases da lua
      Licença Creative Commons
      blog licenciado CC
      Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo