Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2006

Queimadas

 

253887-6782-cp.jpg

 

O verão de 2006 está sendo o mais quente dos últimos 20 anos no sul do Brasil.

 

Altas temperaturas e insuficiência de chuvas tornam-se uma combinação perigosa para o desencadeamento de queimadas.

 

Para evitar acidentes e a ocorrência de incêndios na zona portuária da Cidade do Rio Grande (RS), foi realizado, na semana passada, o 2º Encontro de Preservação e Manutenção das Matas da Região Sul. Organizado por empresas, órgãos ambientais municipais e estaduais, organizações não governamentais (ONGs) e associação de moradores da zona portuária, tal encontro teve como objetivo apresentar noções básicas para minimização dos riscos bem como de combate a incêndios.

 

Foram palestrantes os representantes dos órgãos ambientais e de segurança ligados ao meio ambiente e participaram engenheiros e responsáveis pela área ambiental das empresas, bem como representantes das ONGs e associações de moradores. Houve interação entre palestrantes e participantes como forma de esclarecer dúvidas e possibilitar o debate e a discussão dos principais pontos apresentados.

 

Ao final do encontro ficou tratada uma 3º edição do evento, onde deverá haver a participação da comunidade. Foram também inauguradas placas de advertência a serem distribuídas ao longo da estrada que abrange a área portuária, visando alertar os transeuntes para que não joguem cigarros acessos ou façam fogo (proibição dos churrascos) próximo das matas e área retro portuária.

 

 

255366-7536-cp.jpg

 

 

Bem, o relato sobre esse encontro, noticiado em jornal local de minha cidade (Jornal Agora, Rio Grande), chamou-me atenção por três aspectos:

 

O primeiro deles é a participação de grande número de empresas em evento ligado à preservação/cuidado do meio ambiente, na qual vejo dois motivos: a questão da segurança/integridade físico-econômica as queimadas podem atingir diretamente as plantas das empresas; e porque as empresas, por uma questão de adequação mercadológica recente, procuram cada vez mais a certificação ambiental (as normas da série ISO 14000) o que as coloca no compromisso de engajarem-se em causas e cuidados com o meio ambiente.

 

O segundo é a interação cada vez maior dos diferentes órgãos ambientais, da comunidade e da iniciativa privada (empresas) nas questões relativas ao meio ambiente no Rio Grande, o que embora seja ainda incipiente, é louvável.

 

O terceiro aspecto relaciona-se a fato de além mar, pois tal tema trouxe-me à memória os episódios dos incêndios/queimadas que se alastraram por alguns países europeus durante o verão de 2005, especialmente o ocorrido em Portugal.

 

Impressionaram-me as imagens e os depoimentos vistos na TV Portuguesa e também o que foi possível ler e registrar através da Internet.

 

Lembro-me de referências à questão da propriedade da terra e da forma como não seria possível (?) um maior controle/cobrança dos proprietários para que seguissem normas e medidas de segurança para evitar a proliferação do fogo. Foram mostradas também pessoas, em algumas localidades portuguesas, realizando limpeza (retirada de material facilmente inflamável) no entorno das casas quando as chamas já estavam muito perto da área residencial onde residiam. Pareceu-me também que a forma de fiscalização e punição aos incêndios criminosos talvez precisasse ser revista...

 

Enfim...

 

Fica aqui no QD a interrogação sobre o que vem sendo feito para que a tragédia das queimadas do verão passado não se repita neste ano de 2006 em Portugal (caso o verão seja novamente muito quente e seco)?

 

Talvez haja muito que fazer e o melhor seria não deixar para a última hora, evitando tantas cenas tristes e desoladoras, de perdas de vidas e destruição (matas e casas) de norte a sul do país, como acompanhamos pelos noticiários - e o povo português viveu dolorosamente - no ano de 2005.

 

 

 255138-7371-cp.jpg bombeiro - Portugal 2005.jpg

Flavia Altmayer

 


publicado por siX às 23:55
link do post | comentar | favorito
    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo