3 comentários:
De Jon Gavin a 13 de Fevereiro de 2009 às 16:47
Boa tarde,

Gostava de saber como posso entrar com o responsavel do blog porque gostaria de saber se posso utilizar uma frase relativa à Sra. da Guia. Em que depois de a utilizar, mencionava a fonte, ou seja, o vosso blog.

Mas para terem uma melhor noção seria deste género:

Era à «Senhora da Terra» que os navegantes encomendavam as suas almas quando partiam para o mar e faziam promessas de uma vela ofertar se não tivessem a água como a sua sepultura. Quando regressavam, cumpriam a sua promessa. Este tipo de culto esteve na origem da construção de capelas junto da mesma água que os trouxe (na costa, ou a alguns escassos quilómetros desta). Aí veneram a Imagem d'Aquela que suas vidas conservou.

Feitas padroeiras dos viajantes, muitas destas Senhoras passaram a ser chamadas de Senhora da Guia, por associação ao astro Vénus (herança romana), facilmente identificado pelo seu grande brilho. Popularmente, é também conhecido como Estrela da Manhã, já que o seu brilho anuncia o Sol, e da Tarde, altura em que deixa de se poder observar por se encontrar demasiado próximo do Sol, passando então a ser visto como estrela anunciadora da noite.



(vide Portugal de Luis Afonso)

Informação retirada do blog: http://viladoconde4.blogs.sapo.pt/

Agradeço resposta em breve

Jon Gavin


De alguém preocupado/a a 16 de Abril de 2009 às 16:30
Viver num mundo onde todos opinam , criticam, repudiam e intimidam, onde vamos parar com tanta revolta. Aconselho Parar, Observar e Analisar todas as situações que acontecem. A culpa em Portugal fica sempre sozinha, não sejam pessoas que passam a vida a criticar o que os outros fazem. A culpa é de todos nós, porque queremos tudo pelo o menor esforço, sem trabalho e sacrifícios não se obtém nada. Não estamos em tempo de reclamar, mas sim, de nos unir-mos e trabalhar, para que, no futuro próximo os nossos filhos sejam mais auspiciosos
Será fácil governar um país, onde não existem recursos de qualquer espécime?
"Tentem governar uma casa onde não existe fonte de rendimentos!"


De siX a 16 de Abril de 2009 às 20:57
até aí, tudo bem. tem toda a razão. a culpa é mesmo de todos nós, que colocamos um mentiroso nos desígnios do país, e ainda por cima, obscuro, com um passado a condizer.realmente, recursos são poucos. temos o mar, as praias, alguns monumentos, algumas zonas protegidas, outras ecológicas. e q faz o obscuro? o mar está a saque, as praias poluídas, os monumentos esquecidos, nas zonas protegidas constroem-se belos caixotes e nas zonas ecológicas outros aparecem para fazerem parte da paisagem. mas a culpa não é só do obscuro, não. mas de toda a comandita q partilha o mesmo ponto de vista e estão espalhados por aí em bancos, câmeras e lugares de destaque. imagine q até no banco de portugal!!! enfim, melhor ficar por aqui...


Comentar post