Quinta-feira, 13 de Outubro de 2005

as eleições dos... compadres

 


Os_Compadres58.jpg


08:00 - Abrem as urnas no país.


08:01 - Pedro Santana Lopes é o primeiro a votar, vindo directamente da noite lisboeta.


10:30 - Sócrates foi votar num avião Falcon da Força Aérea.


11:00 - Pedro Santana Lopes vai para casa dormir.


12:00 - Mário Soares acorda.


12:05 - Mário Soares adormece.


13:00 - Maria Barroso acorda Mário Soares e diz-lhe que já são horas para ir cumprir o seu dever cívico.


13:01 - Mário Soares diz que não vale a pena, sente que Sócrates já ganhou.


13:02 - Maria Barroso lembra que as legislativas já passaram, hoje são autárquicas.


14:00 - Mário Soares engana-se na secção de voto.


14:10 - Agora sim, Mário Soares consegue votar.


14:15 - Mário Soares apela ao voto no filho João Soares em Sintra, dizendo que se encontra em empate técnico com Fernando Seara.


14:30 - Maria Barroso pergunta a Mário Soares se votou em consciência.


14:40 - Mário Soares diz que não se lembra onde pôs a cruz.


15:00 - Carrilho vota e não cumprimenta o presidente da mesa de voto.


15:20 - Maria Barroso descobre uma cruz na mão de Mário Soares.


15:30 - Jerónimo passa a tarde na sua sede partidária a rebobinar as cassetes com os discursos dos dias de eleições e a ouvir a Internacional Comunista.


16:00 - Comissão Nacional de Eleições (CNE) acusa Mário Soares de violação clara da lei eleitoral que proíbe que no dia das eleições seja feito um apelo ao voto. Como se trata de um ilícito eleitoral de natureza criminal, é um crime da responsabilidade do Ministério Público. É a segunda vez consecutiva que Mário Soares viola a lei,depois de ter apelado à maioria absoluta de Sócrates no dia das eleições legislativas.


16:30 - Mário Soares dorme profundamente.


17:00 - Levantam-se vozes no Largo do Rato a favor do fim do apoio socialista à candidatura presidencial de Soares.


17:30 - PS retira a confiança política a Mário Soares.


17:35 - Mário Soares vai concorrer como independente renegado, mas não sabe porque está a dormir.


18:00 - Analistas políticos prevêem que nas próximas sondagens o candidato independente Mário Soares apareça à frente de Cavaco Silva.


19:00 - Projecções dão grandes vitórias ao PSD e PSD/CDS, neste dia de eleições.


19:01 - Animal/emplastro corre da Sede do PS para a Sede da Coligação PSD/CDS na Avenida dos Aliados.


19:05 - Carmona esmaga em Lisboa, Rio ganha com maioria absoluta no Porto.


19:05 - O empate técnico (diferença de 1%) que Mário Soares falava em Sintra afinal traduziu-se numa diferença de 13%.


19:05 - Carrilho chora como uma criança, num quarto do Hotel Altis.


19:05 - Cavaco chora a rir com os resultados e engasga-se com uma fatia de bolo-rei.


19:05 - Sócrates diz a Jorge Coelho que nem tudo correu mal, pelo menos o convencido do Carrilho que se acha mais inteligente e bonito, perdeu.


19:10 - João Soares, volta a perder, agora em Sintra...tomou-lhe o gosto.


19:15 - João Soares culpa o seu pai pelo mau resultado e nunca mais quer o seu apoio.


19:20 - João Soares pensa já nas próximas autárquicas, mas arriscando uma candidatura numa presidência de junta de freguesia da margem sul.


19:30 - Mário Soares acorda e telefona ao filho a dar os parabéns.


19:31 - Maria Barroso aconselha Mário Soares a ir para a cama.


19:32 - Mário Soares não hesita e vai.


19:33 - Mário Soares já ressona.


19:35 - Poeta Alegre abre uma garrafa de champanhe para festejar o dia pouco feliz no clã Soares.


19:40 - O pára-quedista, caciquista e populista Avelino Ferreira Torres, perde em Amarante e culpa o "Srº Mota-Engil".


19:45 - Avelino tenta sair de Amarante rumo ao Marco de Canaveses, mas perde-se na cidade que não conhece. Pede ajuda...sem sucesso. Pára o carro para se acalmar...quem sofre são os caixotes do lixo e os bancos de jardim.


19:50 - Isaltino sente-se cansado, e é aconselhado pelo sobrinho a tirar umas férias na Suíça.


20:00 - Fátinha Felgueiras vence categoricamente, apesar de ter estado de férias no Brasil nos últimos dois anos.


20:05 - Poeta Alegre abre nova garrafa de champanhe, agora pela derrota pessoal de Sócrates.


20:10 - Avelino anda perdido ás voltas numa rotunda de Amarante.


20:15 - Jorge Coelho sacode a água do capote e esconde-se numa toca.


20:20 - Major Valentim, prepara-se para discursar, a azáfama na sala é a grande, recorre de um apito valioso para impor o silencio na plateia.


20:21 - Discurso inflamado e paroquial do Major de Gondomar.


20:30 - António "Limiano" Guterres, sente-se aliviado com este novo terramoto eleitoral, a fazer lembrar a tragédia, o horror e o drama de 2001.


20:35 - Poeta Alegre, abre a terceira garrafa de champanhe, agora sem motivo aparente.


20:50 - Avelino bate de carro contra um alvará de construção da Edifer e culpa o "Srº Mota-Engil".


20:55 - Carrilho faz um discurso patético, não reconhece a derrota, não felicita o vencedor Carmona, e Bárbara Guimarães dá-lhe um beijo num cenário "kitsch" (manifestação estética de valor inferior) a fazer lembrar uma telenovela venezuelana.


21:00 - Jerónimo de Sousa carrega no play e desbobina a cassete, ouvem-se os grandes clássicos nestas ocasiões: "Uma grande vitória para a CDU,enfim uma vitória dos trabalhadores e de toda a classe operária", "a luta continua", "uma pesada derrota para a direita", "um cartão vermelho ao governo", "fascismo nunca mais", "camaradas vamos cumprir Abril", "um rude golpe para o lobby económico-financeiro e dos interesses capitalistas no país e quiçá no mundo" "25 de Abril sempre","blábláblá", fim da cassete.


21:04 - Membros do secretariado do Comité Central do PCP mudam as pilhas em Jerónimo de Sousa.


21:05 - Até agora, só Valentim Loureiro elogiou Sócrates.


21:10 - Povo de Felgueiras festeja nas ruas a vitória de Fátinha . O povo grita: "uma grande senhora" ,"a autarca mais séria e honesta de Portugal" , " uma mulher que não foge à luta", "fez-se justiça" .


21.15 - Francisco Louçã enumera as conquistas, só possível pelo seu reduzido número. B.E continua desconhecido no interior do país.


21:15 - Carrilho chega a casa, olha para uma fotografia sua, dá-lhe um beijo e pergunta como foi possível.


21:20 - Sócrates discursa para a comunicação social e para mais três pseudo-notáveis do partido.


21:25 - Marcelo Rebelo de Sousa, descarrega veneno contra a direita e contra a esquerda à mais de duas horas num canal de televisão.


21:30 - Avelino é apanhado no meio da caravana automóvel do PS, é vilipendiado por populares, mas descobre finalmente uma saída de Amarante.


21:40 - O Poeta Alegre telefona a Carrilho para o confortar e diz-lhe que ser filósofo não chega, e canta-lhe: "ser poeta é ser mais alto,é ser mais alto que os homens".


21:41 - Carrilho desliga-lhe o telefone na cara.


21:50 - Bárbara Guimarães, obriga Carrilho a dormir no sofá da sala, de castigo pelos miseráveis 26%.


22:00 - Pelo sim,pelo não, Fátinha Felgueiras compra uma viagem de ida para o Brasil e põe apenas uma muda de roupa num saco azul, porque já está cheio.


22:10 - Carrilho desata a chorar novamente.


22:15 - Mário Soares acorda para cear.


22:16 - Mário Soares bebe um copo de leite e come uma cavaca (oferecida por alguém de Boliqueime).


22:20 - Mário Soares pergunta a Maria Barroso se aconteceu alguma coisa no país.


22:20 - Maria Barroso pede encarecidamente a Mário Soares para que se deite.


22:30 - Avelino chega ao Marco de Canaveses, mas é mal recebido, refugia-se no estádio que tem o seu nome, e adormece no banco de suplentes a acusar o "Srº Mota-Engil".


22:45 - Carrilho agarrado a um gato de peluche do Dinis Maria adormece a ver o vídeo oficial da campanha.


23:00 - Mário Soares não consegue adormecer. Diz a Maria Barroso que a cavaca era indigesta.


23:30 - Afinal o furacão "Vince" chegou mesmo a Portugal, pelo menos ao Largo do Rato...alguém terá dito que a culpa é do "Srº Mota-Engil". Prémios da noite:


Prémio Celebridade Frontal para Avelino Ferreira Torres com: "A culpa é do Srº Mota-Engil"


Prémio Dom Quixote de la Gondomancha para Valentim Loureiro com: "Gondomar não é de um Zé-ninguém, é dos gondomarenses"


Prémio Ferrero Roché (Ambrósio apetecia-me algo) para discurso completo de Carrilho.


Prémio Próstata do Ano para Mário Soares com: "Toda a gente sabe que há um empate técnico e espero que se decida a favor do candidato socialista, ou seja, o João Soares" 1º lugar,


Ordem de Mérito (distinção que galardoa actos ou serviços meritórios praticados no exercício de funções públicas ou privadas ou que revelem desinteresse e abnegação em favor da colectividade) para Fátima Felgueiras com: "Foi a vitória da Democracia!".


23:45 - António Pedro Ribeiro vira costas ao BE e escreve um manifesto contra os candidatos burgueses e sociais-democratas.


 


publicado por siX às 18:27
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 18 de Outubro de 2005 às 20:49
Foge comigo, Maria.antonio pedro ribeiro
(http://tripnaarcada.blogspot.com)
(mailto:apedroribeiro@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 23:01
so espero que o poeta da treta, que se julga mais inteligente que todos nao chegue la. mais vale o alemao* ou o homem que come bolo rei de boca aberta. *alzaimermaria
(http://w)
(mailto:mariacb@clix.pt)


De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 16:35
´´E isso, mesmo. Obrigado, Six.antonio pedro ribeiro
(http://tripnaarcada.blogspot.com)
(mailto:apedroribeiro@hotmail.com)


Comentar post

    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

blocked

. 3 seguidores

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo