Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

diário QD - jacinto pontes capelo rio

 

 

 

 

Pontes! A Sul temos um Rio e a Leste uma Ponte, a principal. Mas não chega! Mais a Leste ainda, temos uma outra, a de Retorta, que liga esta freguesia à Av. Bernardino Machado, em Vila do Conde. Entre estas duas, uma terceira que serve o Metro que faz a ligação ao Porto. Outras existirão por esse rio acima, mas a que me interessa hoje é precisamente a que liga Retorta a Vila do Conde.

 

 

 

Fotog. by Repórter Xis

 

 

Dois anos passados sobre as eleições locais, ainda me lembram as promessas dos principais partidos ao cadeirão almofadado da Câmara. Estes esgrimiam pontes, e era um regalo para os ouvidos, ouvi-los a dissertar sobre as necessidades e benefícios expressivos que a sua construção constituía para o futuro de Vila do Conde. Ganhou quem prometeu mais e melhores ligações para a outra margem! Findos estes dois anos, as promessas do partido vencedor ficaram-se por aí, e mesmo a aclamada reconstrução da velhinha ponte de Retorta caiu no baú do esquecimento.

 

 

 

 

Bom, eu de pontes não percebo nada. Apenas sei como atravessá-las e aquilo que leio e ouço. E o que tenho lido e ouvido sobre esta ponte, diz-me que ela não oferece as condições de segurança para aqueles que diariamente se utilizam dela para os seus afazeres diários. E tenho até a ideia de que este foi um dos raros momentos em que ambos os partidos (PSD e PS) modelaram pela sintonia! Que me perdoem os homens da propaganda, mas como se explica que em Agosto de 2005 se tenha lançado um concurso internacional para a construção de uma ponte rodoviária nesta freguesia, cujo prazo de concretização após a adjudicação seria de um ano? Ou melhor, como se explica que a abertura de um concurso público exceda, em termos de prazo, o tempo para a construção dessa mesma ponte? Não há ninguém interessado em construir pontes?

 

 

Eu não posso olhar o teor desta pequena notícia como mera propaganda política, baseando-me no facto da aproximação das autárquicas! Não posso, entendem?

 

 

 

 

Olhando para as fotos do Xis, depreende-se que o jardim de Jacintos d'Água sob a ponte se alarga em toda a extensão do rio em ambas as direcções, uma praga que está instalada no país faz anos, mas cuja realidade no nosso rio é relativamente recente. E fiquei a saber, através de um curto exercício de jornalismo, que a Câmara não tem soluções a curto prazo para a contenção desta praga! Bem, o vereador do ambiente aponta a construção da Etar (prevista para daqui a 3 anos, se nada acontecer entretanto), para a resolução do problema em virtude da diminuição de nutrientes (dos quais o Jacinto se alimenta), resultante do tratamento das águas.

 

 

 

 

 

Entenda-se como “nutrientes” a merda que entra para o rio, proveniente de esgotos.

Eu até acredito que a futura Etar combata a propagação da espécie aqui no Concelho. Mas… e os restantes municípios encostados ao Ave? É sabido que muitas indústrias, possuidoras de Etar’s para tratamento dos seus resíduos, as mantêm desactivadas. Ainda há bem pouco tempo, um incrédulo deputado do PCP foi testemunha disso mesmo em Santo Tirso, ao presenciar um despejo ilegal de resíduos no Rio Ave por uma empresa possuidora de uma, em pleno dia! Ora, Vila do Conde tem o privilégio de ser a última freguesia junto ao rio, mas também o de apanhar com a merda toda que rio arrasta atrás de si! Até que posso estar enganado, mas julgo que muito dificilmente a Etar, por si só, resolva este problema. Só uma fiscalização apertada sobre os pouco éticos industriais, através de órgãos criados para o efeito, colocará um fim ao desprezo a que o rio tem sido votado. Assim poderá o Governo justificar os dinheiros direccionados para a construção de Etar’s industriais.

Assim, quem sabe, pragas como a dos Jacintos d’Água um dia desaparecerão, o rio voltará a ser transparente e os peixes já não necessitarão de saltar para poderem respirar.

 

 

 

 


publicado por siX às 12:56
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Alexandre a 16 de Outubro de 2007 às 14:53
Quero é saber a data e a hora que vais pagar a tainada lá na tasca!


De Diogo a 17 de Outubro de 2007 às 04:25
excelentes fotos


Comentar post

    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

blocked

. 3 seguidores

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo