Terça-feira, 24 de Abril de 2007

calixto no bar

 

 

 

 

Calixto imóvel, olhos fechados, sentado no seu e-mundo junto ao balcão do bar, despertou a impaciência do empregado.

- Acorda, Velho! – disse, tocando-lhe receoso no braço. – Aqui não é sítio para dormir.

Calixto arregalou os olhos sanguíneos fixando-os no gajo do balcão, que se afastou resmungando. Calixto não dormia. Recuperava das inúmeras horas que vagabundeara sem objectivo, através de uma técnica conhecida por dhyana que aprendera nas montanhas do Tibete onde estivera quando jovem, que consistia em silenciar o ruído incessante da mente e, ao mesmo tempo, mantê-la acordada.

 

 

Um fulano alto, moreno e bem vestido, acabado de entrar, passou por Calixto, ignorando-o. O tipo atraíra a atenção de uma loira vistosa que se encontrava numa mesa, com as pernas cruzadas bem torneadas depiladas lustrosas, motivo dos olhares lúbricos masculinos femininos que a rodeavam, e que ela aceitava com enfado. Indiferente, o tipo sentou-se e pediu um café. O Velho levantou-se e, com um ar malandro, segredou-lhe:

- Tu és vaidoso!

 

 

tags: ,

publicado por siX às 00:19
link do post | comentar | favorito
    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

blocked

. 3 seguidores

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo