Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

dEus é grande, pensou o agnóstico

 

 

 

 

Depois de um leve perfume a chantagem, o agnóstico recorreu à sua antiga Fé. Nas suas mãos estava o poder de decisão de uma de duas hipóteses: fechar para se proteger, ou ceder perante os Independentistas. Pesou os prós e os contras numa ponderação cuidada pois dela dependia o seu bem-estar e de todos os que dele dependiam. Olhou para a figura religiosa abandonada na parede e tomou uma decisão. Ligou ao seu velho amigo Sombra e deu instruções precisas: toda a documentação que o comprometia devia desaparecer; quaisquer discrepâncias relativamente aos documentos comprometedores deviam ser assumidos pela organização; em momento algum o seu bom-nome deveria ser posto em causa e qualquer alusão deveria ser prontamente defendida pela organização. Só assim, os Independentistas manteriam a legalidade das suas funções. Desligou. Não esperou muito pela resposta.

 

 

- Os Independentistas aceitaram. – disse a Voz.

 

 

O agnóstico voltou a olhar a figura religiosa e pensou, «dEus é grande».

 

 

 

NT: qualquer semelhança entre esta ficção e determinada realidade, é pura coincidência.

 

 


publicado por siX às 12:58
link do post | comentar | favorito
    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo