Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

de fugida - Lousã

 

 

Assim foi. Aproveitei estas mini-férias carnavalescas para descansar à sombra da Serra da Lousã, um local magnífico. A serra, não a cidade. Lousã é terra de gente muito simpática e prestável. No entanto, a cidade não é muito atractiva sob o aspecto arquitectónico. A parte nova é desinteressante e a zona antiga está praticamente abandonada, apesar dos inúmeros solares barrocos e palacetes que lá existem.

 

 

 

 

Destaque-se os Paços do Concelho onde se encontra este estranho pelourinho que, juntamente com o castelo, se encontra classificado como monumento nacional.

 

 

 

 

O que a Lousã oferece é o espaço natural da serra, zona protegida de carvalhos e onde prolifera o veado, o javali, o corço e o milhafre, entre outros.

Não podia deixar de visitar as aldeias serranas de casas de xisto, lindas. Parei no Candal e o Xis não parava de balbuciar que ali era o lugar ideal para viver, longe de tudo, só para se dedicar à fotografia. No entanto, perdeu essa ideia quando se deu conta do estranho silêncio que o rodeava. Apesar de o tanque da aldeia se encontar com roupas lavadas a secar, não se via vivalma. Tudo fechado.

 

 

Fotog by Repórter Xis

 

 

 

 

Outro dos locais admiráveis é o da ermida da Senhora da Piedade, local de culto das gentes da Lousã.

 

 

 

 

Para lá chegar, é necessário passar pelo castelo medieval. Descer até ao rio Ceira e aí retemperar as forças com um almoço no típico restaurante O Burgo. Do restaurante, a paisagem é deslumbrante. Por sorte, apanhamos o evento gastronómico dedicado à caça e pesca. O Xis adorou a favada de caça e a bucha de coelho, mas torceu o nariz quando pedi Bifes de Veado com Tortulhos.

 

"Eu não vou comer o Bambi", disse. "Não te preocupes com isso. A Falina já cá não está!", respondi. Não disse mais nada. É o que eu gosto no Xis, rapaz de poucas palavras. Comeu e repetiu.

 

 

 

 

Já retemperados pelo excelente almoço regado por um fantástico Padre Pedro, lá subimos ao complexo natural e paisagístico da Senhora da Piedade. No fundo do vale corre o rio, encontrando-se na outra margem e no cimo de um morro, o castelo medieval do séc. XI, que encerra uma história muito bonita.

Reza a lenda que um emir, ou um rei, teria mandado erguer o castelo para proteger a sua filha Peralta, pois necessitava viajar até ao Norte de África em busca de reforços para combater as tropas cristãs. O nome deste emir seria Arunce, e em sua homenagem tanto a povoação quanto o castelo tiveram o nome de Arouce. Segundo dizeres populares, o rei teria lançado feitiços para que se erguessem densos nevoeiros e altas ramagens que tornassem o castelo invisível aos olhos inimigios, aquando da sua passagem por aquelas terras.

 

 

 

 

A Serra da Lousã é um local especial, quase mágico. Adorei lá estar. A gastronomia é fabulosa, e aconselho vivamente a Casa Velha, na cidade, pela excelência do seu menu, de paladares obtidos através da mestria e conjugação dos elementos que transformam uma refeição banal numa memória grata. Desiludiu-me o Viscondessa, no Palácio da Lousã, demasiado caro para um péssimo serviço. Não respeitou a reserva, os funcionários desconheciam o teor dos pratos, deslocaram o vinho para uma outra mesa mas esqueciam-se de o servir. Enfim, falta de escola...

 

 

 

 

O rio é deslumbrante e proporciona uma pesca à truta. Infelizmente, tinha esquecido a minha cana. Mas ainda apreciei um pescador isolado que utilizava como isco... milho amarelo!!! Tenho que experimentar, um dia...

 

 

 

 

Bom, e chega da Lousã. Não assisti a nenhum corso carnavalesco. Fujo deles, e no entanto, até aprecio o Carnaval. Mas é no Brasil...

 

 

 

 

Boa noite.

 

 

tags:

publicado por siX às 23:26
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Julia a 24 de Fevereiro de 2007 às 00:33
A Serra é mesmo linda . Mas q dois lugares mais contrastantes!!! ... Lousã , sem vivalma , e o Brasil em pleno carnaval.
Bem... Lousã vc já viu . Agora , comece a se preparar para o carnaval carioca em 2008 .... ah ah ah .


Comentar post

    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo