Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

momento... único!

 

Vale a pena ver... Tanto vale que até postei este pequeno vídeo que, espero, os poucos que ainda teimam em visitar este espaço, se possam rir à gargalhada! E pensem, quantas vezes a realidade não se confunde com a ficção e vice-versa?!

 

 

 

 


publicado por siX às 23:21
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 19 de Maio de 2009

o meu voto vai para...

 

 

Por vezes, as realidades de países diferentes confundem-se... ou então, as realidades não são lá muito muito diferentes.

 

 Experimentem mudar "Brasília" para "Lisboa"... he he he...

 

 

 


publicado por siX às 22:11
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

as verdades de medina carreira

 

 

Não resisto em colocar aqui parte da entrevista de Medina Carreira à RCP.

 

 

 

Serve para quebrar o jejum a que o blog tem estado votado...

 

 

 


publicado por siX às 23:01
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

estamos a passar uma crise nacional - oh oh oh - ei ei ei

 

 

Os nossos infortúnios são curados pelo grato reconhecimento do que de bom nos acontece e pelo reconhecimento de que é impossível desfazer o que está feito.
Epicuro, 341-270 a.C., filósofo grego, The Extant Remains

 

 

“Estamos a passar uma crise nacional - oh, oh, oh - ei, ei, ei”, rezava a letra duma música dum conhecido grupo musical português do “bas fond” nortenho do início dos anos 80. E realmente estávamos… mas quem queria lá saber disso!

 

 

Acabados de sair de uma revolução florida mas pouco ou nada psicadélica, cheios de esperança mas com pouco dinheiro no bolso, o país reencontrava-se consigo próprio e iniciava uma lenta viragem a partir do “inferno” da “ditadura do proletariado” e dos “amanhãs que cantam” dos anos 70 para o “paraíso” da “ditadura das leis do mercado” e da “livre concorrência” dos anos que se seguiram.

 

 

Lá fora e nesse entretanto, a roda da História continuava a girar fazendo cair com estrondo um certo muro na cidade de Berlim e, com ele, o regime comunista soviético, relegado para o baú das más recordações e das criminosas experiências falhadas da humanidade, deixando em cena um capitalismo que se ergue dos escombros, triunfante, único sobrevivente e digno representante do pior que há na espécie humana: a ganância.

 

 

Abrem-se e desregulam-se os mercados mundiais, globaliza-se a economia, criam-se paraísos fiscais, as multinacionais deslocalizam as unidades produtivas para terem menores custos, os países concorrem entre si para produzir cada vez mais barato, as bolsas incham e esvaziam-se a ritmo alucinante, dando dinheiro a poucos e tirando a muitos, regimes comunistas rendem-se às virtualidades da economia de mercado e, de repente… chovem aviões cheios de gente sobre edifícios gigantescos no paraíso capitalista.

 

 

E, depois disto, nada voltou a ser o mesmo… na altura ninguém percebeu, mas agora é muito claro que a queda desses edifícios foi uma metáfora da queda fragorosa do “outro muro de Berlim”, marcando o início da agonia do regime capitalista por falta de sustentabilidade, porque sendo os recursos do planeta limitados, o crescimento económico infinito é impossível: tem que haver uma ruptura!

 

 

Fazem-se guerras, invadem-se e destroem-se países à revelia do Direito Internacional, prendem-se, torturam-se e matam-se pessoas sem julgamento e sem culpa formada, aniquilam-se vidas aos milhões, produz-se e consome-se petróleo como nunca e este nunca é suficiente, a poluição e o desperdício tomam proporções inimagináveis, sente-se o clima a mudar e a aquecer e agora, por fim, a economia a arrefecer.

 

 

A crise começou de mansinho, no crédito hipotecário do paraíso capitalista, contaminou bancos, empresas, bolsas e está a espalhar-se pelo mundo como fogo numa seara no Verão, com os bancos dos Estados a financiar este descalabro. Mas como e com quê? Com o papel que eles próprios fabricam? Até quando?

 

 

“Estamos a passar uma crise nacional - oh, oh, oh - ei, ei, ei”, pois é… e agora, José?

 

Muro de Berlim (que assim regressa)

 

 


publicado por siX às 09:14
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

o mágico

 

 

 

Cada vez mais nos habituamos a contornos muito pouco claros e mal explicados de situações que afectam o nosso quotidiano. E, pior ainda, aceitamo-los como se de verdades implacáveis se tratassem, não restando senão um abaixar de ombros perante um destino nada premeditado. É espantoso que alguém ainda acredite que um Gestor Judicial de Falências se desloque ao nosso país com outra novidade que não seja o encerramento definitivo da fábrica de componentes electrónicos Qimonda. Uma fábrica que, lembro, era bem há pouco tempo apresentada como um modelo de esperança para o futuro do país. Que, lembro ainda, um obscuro Sócrates falava dela como um exemplo e na qual investiu milhões de euros dos contribuintes, enquanto do outro lado se equacionava já a falência da mesma, apanhando-o de surpresa porque desconhecia a realidade financeira da empresa que tanto defendeu. Quanta ignorância!

 

 

Enfim… Sócrates já não aparece agora na TV, preferindo delegar a propaganda eleitoralista nos seus lugar-tenentes. O “efeito” Sócrates vai a cada dia que passa perdendo o seu fulgor, a capacidade hipnótica que inúmeras vezes emudeceram os seus opositores e o próprio país.

 

 

Vem-me à memória um atarantado Pedro Santana Lopes, um homem conhecido pelo seu desembaraço e capacidade de discorro, incapaz de contrariar um Sócrates eufórico quando este lhe atirava a Culpa pelo mês de desgoverno, e o meu espanto pelo esquecimento deste de que o mesmo e seus aliados provêm do anterior que, de acordo com palavras do fugitivo Guterres, relegaram o país para o pântano em que hoje estamos atolados.

 

 

Um meu amigo referiu-se a ele como “Mágico”. Realmente, só mesmo um bruxo seria capaz de provocar tanta perda de memória colectiva. Felizmente que o tal de “efeito” parece ser temporário. Mas lá que custa a passar…

 


publicado por siX às 09:09
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 31 de Janeiro de 2009

viu por aí?...

 

 

 

Raros devem ser os vilacondenses que não conhecem os famosos outdoors que o PSD local possui em locais estratégicos à entrada das principais vias que levam a Vila do Conde. Plenos de ironia, relembram-nos algumas das promessas eleitorais do irredutível Mário de Almeida, algumas mais velhas que alguns dos seus mais fiéis acólitos.

É sempre de bom tom relembrar que as promessas são para serem cumpridas. Fazem parte das regras da boa educação!

 

Mas da boa educação anda o inferno, que é encarnado e rosa e, sobretudo, democrata, cheio. E deve ser por essa razão que, tal como há quatro anos atrás se a memória não me falha, os outdoors voltaram a ser vandalizados. E de facalhão! E, como há quatro anos, ninguém viu nada.

 

É razão para perguntar se alguém viu por aí a PSP? Ou a esquadra?!

 

 

tags:

publicado por siX às 13:03
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

uma mentira conveniente

 

 

O obscuro engenheiro que se tornou primeiro-ministro com base em alicerces de muita engenhoca, anda atolado em chatices levadas da breca. Agora é a própria família que aponta o dedo acusador a Sócrates, envolvendo-o directamente em mais um escândalo que, aliás, não deveria sequer existir, acho. A figura de um Primeiro-Ministro não pode, não deve ser envolvida em tramas dignas de um filme negro de má qualidade. É a integridade e a postura de um Homem que jurou fidelidade à causa pública que está em causa! Graças a Deus que o tio do obscuro Sócrates está, afinal, doente da cabeça, dizem. Um problema de falta de memória, alegam os entendidos!

Muito conveniente, digamos.

 

 


publicado por siX às 13:46
link do post | comentar | favorito

um farol às escuras II

 

Na sequencia do “post” anterior e puxando um pouco pela memória, relembro a polémica criada em torno do antigo bairro que, de esquecido, passou a ser motivo de cobiça quando construíram a avenida que se transformou na principal via de acesso às praias de Vila do Conde. Existiram tentativas várias em realojar os moradores em um outro bairro, ao que estes recusaram, não restando às autoridades camarárias senão efectuarem obras de fachada, esquecendo-se do interior.

 

 

foto by siX

 

Eu até entendo os olhares sôfregos que rodearam (rodeiam?), o velho bairro. Não existe prédio em Vila do Conde que possua um espaço verde em seu redor como o que rodeia o bairro! Um luxo, nos dias que correm, se aliar a sua proximidade à praia.

 

O parágrafo contido no comunicado do Armando Herculano é revelador de como as entidades responsáveis lidam com determinado número de acontecimentos, quando contrariados nos seus intuitos:

 

“A câmara, que em tempos deslocava regularmente uma cisterna para retirar as águas, deixou de o fazer depois das últimas obras efectuadas no bairro.”

 

E nem vale a pena perguntar a razão porque o fazem! Já não vale a pena.

Mas os moradores do Bairro do Farol que estejam descansados. A época carnavalesca pré-eleitoral já começou e, tenho a certeza, a reabilitação do interior do prédio será uma realidade. Afinal, não são as Caxinas a galinha dos ovos de ouro do Tio?

 


publicado por siX às 12:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

communiqué - um farol às escuras

 

Mais um comunicado do Bloco de Esquerda que caiu na minha caixa de correio. Desta vez, o Armando Herculano denuncia a falta de segurança no bairro camarário conhecido como Farol.

 

 

 

"É antiga e recorrente a queixa dos moradores deste bairro camarário acerca da acumulação de água nas caves dos prédios. A água que se acumula, é muito provavelmente originária das chuvas, mas como não são retiradas, acabam por ficar fétidas, provocam maus cheiros, atraem insectos   e dificultam a vida dos moradores, podendo colocar em risco a sua saúde."

  

 

Fotografias via BE.

 

A continuidade do comunicado pode ser devidamente apreciado no Fórum QD, por motivos óbvios que têm a ver com o espaço.

 

 


publicado por siX às 09:12
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

todos ao molhe e fé em deus

 

Tenho cá para mim que um dia destes vai tudo andar ao “molho” por causa do molhe sul que separa as águas do rio das águas do mar. Não passa um dia em que o molhe, segundo dizem é insuficiente para travar a força do mar, não seja notícia. Com um olho nas próximas autárquicas, lá vai o PSD local revelando o caderninho de apontamentos de anomalias bicudas, ao que a maioria socialista retruca como “superficiais”.

 

 Bem, ao que parece a Câmara tem já previsto a execução de um projecto de intervenção global no cais vilacondense, o que já não é mau. Demonstra estar atenta à situação. Espantosa é esta afirmação de um porta-voz da Câmara, que eu recortei de um jornal e guardo num álbum próprio para o efeito:

 

"O plano focal do farol, ligeiramente inclinado há mais de dois anos, não dá sinais de alteração, o que confirma a estabilidade do molhe".

 

Portanto, “no problem”, como dizia o Alf.

 

E enquanto mastigam interiormente esta máxima do raciocínio socialista, apreciem esta fantástica foto do molhe, captada pela objectiva do fotógrafo Nelson FN Martins.

 

 

o molhe da discórdia

 

 


publicado por siX às 12:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

"stand by me"... à volta do mundo

 

Músicos de rua são olhados ainda com desconfiança, meros parasitas da uma sociedade desatenta e demasiado preocupada com com o seu próprio umbigo, que se assusta quando dá de caras com alguém cuja única preocupação é dar o seu melhor em troca de uma moeda.

 

Insuportável o ar de felicidade quando  tocam.

Também eu, um dia, fui um deles...

 

 

 

 


publicado por siX às 21:54
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

diário QD - 1º do ano

  

 

O Ano já começou faz algum tempo, e eu ainda não escrevinhei nada que se lesse. E, se assim continuo, alguém dirá – “Este é como o Sócrates!” –, o que seria o maior dos insultos. Aliás, este personagem meio obscuro que chegou a 1º Ministro com base em promessas que se revelaram mais tarde não passarem de mentiras gigantescas, continua assombrosamente a debitar outras com a maior cara de pau. Isso digo eu, porque ele até que pode estar a falar a verdade! A sua verdade, não é?! Pode até acreditar nas suas mentiras como se de verdades estivesse a falar, o que é doentio. Doentio para ele, porque já ninguém acredita na sinceridade das suas palavras. Doentio para nós porque qualquer verdade que saia da sua boca nos soa como mais uma intrujice.

 

 

É esta falta de credibilidade, para a qual ele tanto contribuiu, que faz com que Manuel Alegre seja neste momento uma daquelas pequeninas pedras causadoras de um prurido irritante no seu sapato, e que ele não consegue expulsar. É que este transmite precisamente a postura de político crível pela qual grande parte dos portugueses anseia! E Manuel Alegre neste momento diverte-se a irritar Sócrates ao manter em suspenso se avança para a formação de um novo partido ou não.

 

 

 

 

 

 

Aliás, esta moda de políticos com idade já avançada andarem a rir-se uns dos outros, parece ter também chegado a Vila do Conde. Então não é que o Mário de Almeida, o irredutível edil vilacondense, afirma pensar candidatar-se em 2013 e não neste ano de 2009, motivado pelo facto de só o poder fazer mais uma vez e então que seja naquele ano? Isto, se não é gozar com a cara do Pedro Brás Marques, candidato pelo PSD, então não sei o que seja! Talvez esteja a gozar com todos, inclusive aqueles que dizem ser os mais fiéis entre os leais! Os que estão mortinhos da silva para ver o Tio de costas ou cadeirinha de rodas.

 

 

 

   

 

Claro que Mário de Almeida não vai fazer nada disso. Seria arriscar demasiado, quando ele sabe perfeitamente que fiéis são os cães e leais só são alguns ou nenhuns. Mas lá que o Tio, quando quer, tem imensa piada, isso não o posso negar.

 

 

Mas o Pedro Brás Marques que não desespere com mais esta iniciativa pródiga do Tio. Para ele, que tanto gosta de música, o QD dedica este tema dos míticos Rolling Stones:

 

"Time Is On My Side"

 

 


publicado por siX às 22:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2008

a todos os amigos do QD

 

 

 

 

 

 

UM BOM FIM DE ANO!!!

 

 

 

 

tags:

publicado por siX às 18:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

os putos nas alturas

 

 

 

 

 

Vila do Conde já não ostenta o estandarte da vila mais limpa! Uma chatice, enfim, que nada se compara quando toca a Segurança, mas lá chegaremos.

 

 

 

 

Na minha verdade, eu nunca gostei do gigantesco relógio de sol que plantaram na denominada Praça dos Descobrimentos. Sempre achei aquilo uma coisa para ali colocada, pago a peso de ouro pelos munícipes que, dizem, nem sequer funciona direito! É o que dizem, que marca as horas nocturnas quendo deveriam ser diurnas, dizem... É o que dizem. Quanto a mim, não passa de um monte de sucata, ferro-velho sem utilidade alguma.

 

Mas peço desculpa pela minha falta de visão, que na realidade não se enquadra com a daqueles que visionam o futuro e sonham com esse futuro! Haverá sempre alguém que veja utilidade onde, quem como eu, não vê!

 

Entenderão os mais cépticos as minhas estranhas palavras quando visionarem os vídeos que aqui deixo. Os que idealizaram este monumento não pensaram na questão da segurança. Tão pouco os moradores, que vivem em volta, se importam minimamente com a tragédia iminente e, se tal acontecer, será um motivo para se deslocarem às varandas para apreciarem um "horror Show" que dê algum sal às sua vidas incipientes.

 

Como estes, mais vídeos existem no Youtube. Basta efectuar uma pesquisa para facilmente chegar à conclusão de que se não trata de um caso isolado. 

 

E ninguém faz nada?!

 

 

 

 

 

tags:

publicado por siX às 14:31
link do post | comentar | favorito

PS vc - o presente de fim-de-ano

 

 

 

 

As autárquicas 2009 já mexem. Depois de Pedro Brás Marques, líder do PSD local, ter anunciado a sua candidatura já há algum tempo, o PS esperou pelo final do ano para nos brindar com a recandidatura deste dinossauro da política, Mário de Almeida. Dizem "eles" que é importante para a concretização de muitos projectos em curso!

 

Parabéns, Tio. Mas, sinceramente, não fico lá muito surpreendido com a escolha do "aparelho". Surepreende-me, sim, a confessa falta de confiança desse mesmo "aparelho" em outros membros para a concretização dos mesmos projectos.

 

Cinismo ou deslize?

 

 

tags:

publicado por siX às 13:10
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Dezembro de 2008

momento vc - XIII CVC

 

 

A espantosa extinção do tradicional circuito automóvel vilacondense, só explicável pela visão a preto e branco de um arquitecto de renome, está ainda presente em muitos dos locais que nunca digeriram muito bem esta decisão do actual edil camarário.

 

Para esses, (os outros, se quiserem, também podem assistir), coloco aqui este pequeno filme das provas realizadas em 1968, aquele que foi o XIII Circuito VC

 

 

 

 

Neste pequeno documentário, temos a visão da incrível Curva da Seca (efectuada à velocidade máxima), seguida da não menos perigosa Curva do Castelo. "Bombas" da altura, como os pequenos Mini, os Vauxhall Viva e Nsu, os incríveis monolugares equipados com motores Volkswagen, os Porshes e os Lotus, máquinas conduzidas por pilotos como Carlos Gaspar, Ernesto Neves, Nogueira Pinto e Roberto Giannone entre outros, que gravaram o seu nome ao longo dos anos, não só na História do Automobilismo, mas também na de Vila do Conde.

 

 


publicado por siX às 23:49
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Dezembro de 2008

frio

 

 

Hoje faz frio... muito frio. Traz-me à memória um determinado dia no distante ano de 1985 ou 86 (não tenho bem a certeza), onde eu e todos os vilacondenses fomos surpreendidos por uma chuva de neve que transformou radicalmente a paisagem à qual estavamos habituados.

 

Não era comum, nem havia memória que tal agum dia tivesse acontecido.

 

 

 

 

 

Esta fotografia, que eu julgo ser rara e que saquei a alguém na net,  já não sei a quem mas também não importa, traz essa memória longínqua.

 

Este frio é um bom prenúncio para o ano que se avizinha, de eleições gélidas, mentiras sólidas e promessas vazias.

 

 

 


publicado por siX às 15:56
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

natal 2008

 

 

 

 

 

A Todos os meus Amigos, um Santo Natal! São os votos do QD.

 

 

 

 

tags:

publicado por siX às 11:12
link do post | comentar | favorito

diário QD - o regresso

 

 

 

 

 

O Blog reabriu as portas à percepção. Não as da percepção, porque essas já foram encerradas há muito pelo finado Jim. Aliás, o Blog esteve durante um ano nessa condição, de finado. Bem, quem se finou foi, finalmente, Calixto! Não eu, que de Calixto nada tenho, mas sim o Comandante que inspirou a figura. Paz à sua alma.

 

 

Enfim, o Blog está de regresso, para o melhor e para o pior. Com certeza, tão cedo ninguém vai ler isto. Poucos devem acreditar num ressurgimento do QD. Mas a vida é assim mesmo! E não é disso que o Blog carece?

 


publicado por siX às 11:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 23 de Dezembro de 2007

não posso esquecer...

 

 

o envio de votos de boas festas que as diversas entidades vilacondenses me endereçaram.

 

Não seria de bom tom a não retribuição aos principais partidos políticos locais e organizações ambientais que tão simpaticamente se lembraram de mim.

 

E eu, porque acredito no futuro de Vila do Conde, acredito nas pessoas que procuram gerir esse futuro, a todos dedico este pequeno filme.

 

 

Try JibJab Sendables® eCards today!

 

  Boas Festas!

 

 

tags:

publicado por siX às 15:33
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
    O meu ip
    Web Hosting Directory by Blog Flux
    BloGalaxia
       

os latagões

  • s¿X
  • berlim
  • reporter xis
  • passado

    adjectivos

    vileiros

    net.vil@condense

    outras.vil@s

    vizinhos

    ambiente

    mixórdias

    Setembro 2009

    Maio 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Dezembro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Outubro 2007

    Setembro 2007

    Julho 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Março 2007

    Fevereiro 2007

    Janeiro 2007

    Dezembro 2006

    Novembro 2006

    Outubro 2006

    Setembro 2006

    Agosto 2006

    Julho 2006

    Junho 2006

    Maio 2006

    Abril 2006

    Março 2006

    Janeiro 2006

    Dezembro 2005

    Novembro 2005

    Outubro 2005

    Setembro 2005

    Agosto 2005

    lataria e afins

    momento... único!

    o meu voto vai para...

    as verdades de medina car...

    estamos a passar uma cris...

    o mágico

    viu por aí?...

    uma mentira conveniente

    um farol às escuras II

    communiqué - um farol às ...

    todos ao molhe e fé em de...

    tags

    local(89)

    concertos(32)

    poem(28)

    diários QD(26)

    momentos vc(24)

    diários qd(23)

    politica nac(23)

    capas de susto(21)

    ?(18)

    rom(15)

    memoriasvc(9)

    calixto(8)

    blogs(7)

    correio dos leitores(7)

    mundial futebol(7)

    natal(6)

    todos os santos(6)

    divag(4)

    fcp(4)

    aborto(3)

    todas as tags

    subscrever feeds

    vileiros no limbo